Postado em 12 de Dezembro de 2009 às 09h25

Angélica do Xadrez de Blumenau é eleita atleta revelação de SC 2009 entre todas as modalidades

Destaques em S.Catarina (34)

A enxadrista catarinense Angélica foi homenageada este mês em Florianópolis em cerimônia reuniu atletas, autoridades e representantes do meio esportivo, o troféu "Gustavo Kuerten de Excelência no Esporte Olímpico", na categoria "atleta-revelação", que foi instituído por meio do Decreto nº. 1.279, de 16 de abril de 2009, a título de homenagem e reconhecimento, pela primeira vez sendo concedido no estado.

O processo de escolha e aprovação teve sua primeira etapa por votação popular, via internet, em nomes de livre escolha do público em geral, em cada uma das modalidades e na segunda, pelos membros do Conselho Estadual de Esporte, por votação secreta, quando foram apontados, dentre os três melhores colocados em cada uma das modalidades pela votação popular, os respectivos ganhadores. Além da valorosa indicação da enxadrista Ángélica como "atleta revelação" do ano no estado, eleita em meio a diversos atletas oriundos de várias modalidades sabe-se que outros enxadristas e técnicos de xadrez também foram votados, o que enche de orgulho aos praticantes da modalidade no estado. 

 

Veja algumas fotos

  • Federação Catarinense de Xadrez - FCX -
  • Federação Catarinense de Xadrez - FCX -
  • Federação Catarinense de Xadrez - FCX -

Leia na íntegra da matéria sobre a Angélica Passold no site da ESPNBR:

"Aos sete anos, quando começou a jogar xadrez na Escola Básica Municipal Francisco Lanser, na Fortaleza, incentivada pela professora de educação física, a pequena Angélica Passold não imaginava que poderia se tornar uma campeã nacional da modalidade. Hoje, com 14 anos, a adolescente é uma das grandes promessas do esporte catarinense e do xadrez brasileiro .
Após a medalha de ouro nas Olimpíadas Escolares Brasileiras, em Poços de Caldas (MG), em setembro deste ano, a enxadrista blumenauense se projetou no cenário esportivo e, na última segunda-feira, dia 7, recebeu o Troféu Gustavo Kuerten na categoria atleta revelação, premiação que homenageia os destaques esportivos catarinenses da temporada. A indicação surpreendeu a menina, que não esperava ser agraciada.
- Foi muito emocionante, principalmente receber o prêmio das mãos do Guga. É muito importante para mim e também para a modalidade - declarou.
Detentora de um título nacional, Angélica se prepara para alçar voos mais altos. Para 2.010, o objetivo é disputar o Campeonato Pan-Americano Sub-18, que será disputado em Novo Hamburgo-RS, em data a ser definida. O objetivo é, como não poderia deixar de ser, voltar para casa com a medalha de ouro no peito.
- É uma competição difícil, e sei que preciso me preparar muito bem. Por isso, acho que vou sacrificar parte das férias estudando para melhorar o meu jogo - planeja.
Esta será a segunda competição internacional da jovem blumenauense. Em 2005, ela disputou o mesmo Pan-Americano, em Balneário Camboriú, onde adquiriu experiência. No entanto, 2010 será um ano de mudanças para a enxadrista. Como vai completar 15 anos, a adolescente passará a disputar a categoria Sub-16, que, segundo ela, é mais difícil que a Sub-14, em que vinha atuando.
Para chegar bem no Pan-Americano, Angélica terá bons testes antes. Ainda no primeiro semestre do ano que vem, ela e as companheiras da equipe de Blumenau (Bluluzinhas/Bom Jesus/FMD) vão disputarão o Estadual e o Brasileiro. As datas devem ser confirmadas na primeira quinzena do ano que vem.
- Quero chegar bem no Pan. O Estadual e o Brasileiro serão importantes para aperfeiçoar o jogo- comentou.
Evoluindo para chegar a mestre internacional. A evolução do desempenho de Angélica e a conquista do prêmio de revelação enchem de esperança a técnica dela, a mestre internacional Regina Ribeiro. Regina destaca que outros esportes poderiam ter sido indicados, mas optaram por uma enxadrista.
- Esse prêmio pode servir como um incentivo para que tenhamos ainda mais praticantes de xadrez - afirma, apontando que mais de 10 mil crianças praticam a modalidade nas escolas de Blumenau.
Regina vê um futuro promissor para Angélica. A expectativa da mestre sobre a aprendiz é de ela se tornar uma grande mestre internacional.
- No Brasil, não temos uma grande mestre internacional. A Angélica tem potencial para isso, mas precisa se preparar - comenta, destacando a importância da menina vencer torneios e ter bons desempenhos em competições internacionais para conquistar o título. EDITORES JSC"

Veja também

A Diretoria da FCX decidiu hibernar o Rating FCX desde 01/jan/201714/03/17 Os eventos preferencialmente deverão usar nesta ordem o Rating FIDE, Rating CBX e Alfabético. O motivo é que o Rating FIDE se popularizou bastante nos últimos anos, tornando-se acessível a todos os níveis. Portanto, neste momento, a FCX entende que não há motivo para dispensar esforço de tempo e financeiro para calcular um Rating a nível estadual.......

Voltar para (Novidades)

FCX - Federação Catarinense de Xadrez
R. Comandante José Ricardo Nunes, 79, Capoeiras, 88070-220, Fpolis/SC